Referência no tratamento da Covid-19, HRBA registra aumento de 41% de internações em UTI
25/01/2021 11:34 em SAÚDE

Referência no tratamento de pacientes com suspeitas ou positivados de Covid-19, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), localizado em Santarém, oeste do Pará, registrou um aumento de 41% nas internações em UTI durante o ano de 2020 na comparação com 2019. Das 1.153 internações na Unidade de Terapia Intensiva, 671 foram relacionadas à Covid-19.

O hospital também é referência em áreas como oncologia, neurocirurgia e ortopedia, contabilizando 917.262 mil atendimentos no ano passado, 3,8 mil a mais na comparação com o ano de 2019.

O HRBA implantou um comitê responsável pela elaboração de estratégias para o enfrentamento ao novo coronavírus, destinou 52 leitos no total para o atendimento exclusivo de casos da Covid-19, sendo 22 leitos já existentes e 30 novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) abertos.

Ao longo de 2020, o hospital atendeu cerca de duas mil pessoas com suspeita ou confirmadas positivamente para Covid-19. Em um corredor montado especialmente para celebrar a alta pós-internação, ao todo foram mais de 700 pacientes recuperados – entre eles, muitos profissionais da saúde.

“Durante toda a pandemia tivemos a missão de conciliar a assistência à Covid-19 com todas as demais especialidades cirúrgicas e clínicas ofertadas pelo HRBA. A nossa estratégia de atendimento envolveu a capacitação de profissionais, abastecimento da unidade com insumos e desenvolvimento de protocolos internos que garantiram a manutenção dos serviços no hospital durante todo o ano da pandemia”, explicou o diretor Hospitalar, Hebert Moreschi.

As internações para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus também foram superiores aos casos de cirurgias oncológicas, com número total de 594 procedimentos, enquanto as internações ultrapassaram a marca dos 600.

Com mais atendimentos, os números de exames também cresceram. Somente o procedimento de tomografia teve um aumento de 55% na comparação entre 2020 e 2019.

O valor assistencial conquistado pelo HRBA junto aos pacientes é demonstrado também pela avaliação dos usuários, que alcançou 99,36% de aprovação.

Mantido pelo Governo do Pará, o Hospital Regional do Baixo Amazonas é gerenciado pela Pró-Saúde, entidade com mais de 50 anos de experiência na administração de serviços em saúde e gestão hospitalar.

 

 

Por G1 Santarém / PA

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
VENHA ANUNCIAR AQUI...