TRIBUNAL ELEITORAL DO PARÁ RESTABELECE UMA INJUSTIÇA AO RECONHECER A CANDIDATURA DE GANDOR HAGE
13/11/2020 11:55 em NOVIDADES

Por Hélio Nogueira - Opinião

O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PARÁ RESTABELECE UMA INJUSTIÇA AO RECONHECER, POR UNANIMIDADE, A CANDIDATURA DE GANDOR À PREFEITURA DE PRAINHA.

A Justiça Eleitoral do Pará corrigiu uma falha imperdoável ontem a noite (12) que, se fosse mantida, tiraria o direito constitucional do candidato Gandor Hage de concorrer no pleito deste domingo, dia 15, ao cargo de prefeito de Prainha. 

Por unanimidade, o pleno do TRE/PÁ reconheceu o direito de Gandor Hage de se manter na disputa.

Eu disse no Patrulhão que  a questão havia deixado de ser apenas de ordem jurídica para ser eminentemente política, porque os documentos comprovavam que não havia condenação no Tribunal de Contas da União que impedisse o candidato Gandor de concorrer. Os atuais donos do poder em Prainha não admitiam a candidatura de Gandor, porque ele representava uma ameaça aos seus interesses.

Gandor foi gestor por mais de uma vez, tanto em Prainha quanto em Almeirim. Demonstrou em suas prestações de contas que não é corrupto. Não usou os recursos públicos em benefício próprio, não praticou atos de ilegalidades que o impedissem de candidatar-se.

Gandor enfrentou uma enxurrada de mentiras postadas nas redes sociais até ontem, porque hoje (13) a realidade mudou completamente ao ser reconhecido como candidato à prefeitura de Prainha, o que calou em definitivo seus adversários. Eu diria que as redes sociais dos adversários emudeceram completamente. 

Depois dessa decisão, minha gente de Prainha, quero aproveitar este espaço do Patrulhão para fazer algumas referências que considero importantes, em nome do candidato Gandor Hage.

Agradecer, primeiramente, à direção da Rádio Mirante que nos permitiu que usassemos o espaço do Patrulhão para explicar ao eleitor de Prainha o que estava acontecendo. As inverdades, as notícias mentirosas e as declarações estapafúrdias de autoridades que fugiam completamente ao seu papel de fiscais da lei. Muito obrigado aos amigos que fazem o Patrulhão e, especialmente, à diretora Darcy Batista.

Agradecer à Justiça Eleitoral do Pará que, por unanimidade, deu ontem o veredito que todos aguardavam com ansiedade.

Agradecer especialmente aos eleitores de Prainha que não desistiram da esperança, não desistiram de acreditar que o Tribunal de Justiça iria reverter a sentenção e garantir o direito constitucional de Gandor de concorrer às eleições. Agradecer aos grupos das redes sociais que se mantiveram firmes e acreditando que tudo não passava de perseguição de seus adversários, como acabou ficando comprovado.

Vocês fazem parte, a partir de agora, de um novo grupo de abnegados defensores de uma candidatura legítima. E mais do que isso, vocês fazem parte de um novo grupo que  acaba de ser criado por Gandor que irá trabalhar por Prainha e não por interesses pessoais ou de grupos familiares. 

O dia 15 de novembro está na porta. Neste domingo, exerça o seu direito de escolher com critério, com responsabilidade, com justiça. Vá às urnas e confirme o seu voto pela bem de Prainha.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
VENHA ANUNCIAR AQUI...